sexta-feira, 5 de março de 2010

Cáctos amorosos



sim,

fui eu,...

quero muito

escutar

tua voz,...

você

tá fincada na minha vida

como prego na madeira

de telhado velho,

quanto mais o tempo passa,

mais enferruja com a seiva

da madeira,

mais se gruda

e não se deixa tirar,

nem mesmo dentista juramentado

consegue extrair

você

da minha vida

beijos suaves


tenho muito amor por ti.


Sergio, beija-flor-poeta

3 comentários:

  1. Oi amigo
    Desculpe a ausência, muito serviço rsrsrs. Adorei o poema, como sempre apaixonado.
    bfs
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Acho importante esta troca,fico feliz com todos que estão conhecendo um pouco de mim.
    Como o tempo para escrever e ler é pouco,aviso a todos que deixarei um dia da semana para visitá-los.
    Assim conhecerei mais de cada um e,principalmente,nossos blogs não só constarão na lista de seguidores,terão realmente nossas opiniões críticas e verdadeiras.
    NÃO GOSTO SOMENTE DE CONSTAR!
    NÃO GOSTO DE SUPERFICIALIDADE,mas sim de fazer algo que seja real e verdadeiro.
    CRESCENDO JUNTOS!!!

    ResponderExcluir
  3. EU GOSTO DE ESCREVER,MAS NÃO TENHO TALENTO PARA POESIA!
    MAS SEI DEGUSTAR,TE ACHO UM GRANDE POETA!!!
    FALAS DE AMOR COMO POUCOS.
    CRIS
    BEIJOS.
    EU,SEMPRE,ENVIO POESIAS DOS MEUS BLOGUEIROS AOS MEUS AMIGOS DO ORKUT!

    ResponderExcluir

Agradeço a sua visita e solicito que deixe seu comentário. para entrar em contato, use o @-mail
acima citado.
Será um prazer contar com suas visitas e comentários futuros.
Se gostastes das Poesias, eu lhe convido a fazer propaganda e passar o link a amigos. Volte sempre e muito obrigado.

Sergio,beija-flor-poeta