sábado, 2 de fevereiro de 2013

Balé do amor



Muito antes que o véu da noite
Beije o horizonte atrás das montanhas
Lá onde a luz do sol muda de cor
E me deixa recordar os teus lábios
Lá onde a lua murmura ao se levantar
E tu me acolhes nos teus braços
Eu fico feliz
Como uma criança
Minha amada.

A lua é o nosso reflexo
Teu sorriso é doce como açúcar
Tu és irresistivelmente carinhosa
A música da vida
Meu mundo
Espontâneos e desarmados
Entregamo-nos um ao outro

Asa por asa
Levantamos voo e para bem longe
Não há mais segredos escondidos
O sol – tenho a impressão
Que ele tem a força do nosso amor
Pegamos fogo e sentimos
Como nossas almas
Se derretem a formar uma só.

sérgio, beija-flor-poeta

Um comentário:

  1. Olá menino
    Um poema que é uma verdadeira declaração de amor. Gostei.
    Abração

    ResponderExcluir

Agradeço a sua visita e solicito que deixe seu comentário. para entrar em contato, use o @-mail
acima citado.
Será um prazer contar com suas visitas e comentários futuros.
Se gostastes das Poesias, eu lhe convido a fazer propaganda e passar o link a amigos. Volte sempre e muito obrigado.

Sergio,beija-flor-poeta